Categorias
Sem categoria

Os mortos têm todos as mesmas penas

“Ao longo do tempo das nossas vidas humanas há um ponto em que sentimos claramente que o chão começa a puxar,
devagarinho, o corpo começa a ganhar peso. 
Então atiramos os olhos para cima, as mãos erguidas em flor a abocanhar o céu, a implorar tréguas à gravidade. 
Para uns é assim que se encontra Deus, para outros é assim que se descobrem as aves. 
É sobre o céu que nos inclinamos nesta peça, para que possamos, antes que seja tarde demais, aprender algo com os
que, realmente, cagam de alto.”

 
Ficha técnica
Concepção e Encenação: Andreia Farinha, João Melo, Anafaia Supico e Raphael Soares
Texto: Andreia Farinha
Vídeo: João Melo
Sonoplastia: Raphael Soares
Música: José Smith Vargas e Raphael Soares
Figurinos: Anafaia Supico
Espaço Cénico: Andreia Farinha e João Calixto
Assistência Cenografia: Catarina Sousa e Rafael dos Santos
Pinturas de fundo: Manuel Amado
Interpretação: Andreia Farinha e João Ayton, com participação de Anafaia Supico, João Melo, Raphael Soares e
Francisca Bagulho
Vozes: Andreia Farinha, João Ayton, João Melo, José Smith Vargas
Interpretação Musical: Laura Farinha
Tradução: João Ayton
Operação de Som e video: Raphael Soares
Produção e Comunicação: Francisca Bagulho e Anafaia Supico
Design Gráfico comunicação: Begoña Claveria
Conteúdos gráficos e memes: Ricardo Donas
Apoios: Fundação GDA, Temps D’Images/ Dupla Cena, Self-Mistake, Damas, ARS-ID Associação de Investigação e
Desenvolvimentos, Cão Solteiro, RDA69, Câmara Municipal de Lisboa / Pólo Cultural Gaivotas Boavista
 
Agradecimentos: CERAS centro de estudo e de recuperação de animais selvagens (Quercus – Beira Baixa), Campo de
Alimentação de aves necrófagas – Monte Barata (Quercus – Beira Baixa), Estúdio Fetra, Balaclava Noir, Trienal de
Arquitectura de Lisboa, Rodrigo Amado e familiares de Manuel Amado, João Chaves, Raimundo Cosme, Pedro Rita,
Manuel Bívar, Manuel Henriques…

Categorias
Teatro

Eles passarão, tu passarinho

ELES PASSARÃO TU PASSARINHO – Uma história política das aves

“Vós que não quereis saber, vós que viveis como assassinos entre as nuvens, e como ladrões ao vento,
como lunáticos no céu. Vós que tendes a vossa lei própria fora da lei, Vós que habitais num mundo ao
pé do mundo e que não conheceis o trabalho e que dançais sob os massacres. Nós só vos conhecemos
através de Deus porque os nossos olhos estão demasiado habituados à nossa vida. Temos de vos
conhecer, aprender de novo sobre como sois.”
Sermão de São Francisco às aves in Passarinhos e Passarões,
Pier Paolo Pasolini, 1966.

Ficha técnica
Título da peça: “Eles passarão, Tu passarinho – uma história política das aves”
Duração: 70 minutos
Ano de produção: 2021
Conceção e Encenação: Companhia Truta no Buraco (Andreia Farinha, João Melo, Anafaia Supico e Raphael Soares)
Texto: Andreia Farinha
Interpretação: Andreia Farinha, João Ayton, Bernardo Bertrand e Catarina Rodrigues
Operação de Som e Luz: Raphael Soares
Operação de Vídeo: João Melo
Música: José Vargas e Raphael Soares
Guarda-Roupa: Andreia Farinha e Anafaia Supico
Espaço Cénico: Andreia Farinha e Anafaia Supico
Produção e Comunicação: Anafaia Supico e Damas
Captação, Mistura e Edição Som: Raphael Soares
Captação e Edição de Vídeo: João Melo e Filipe Casimiro
Animações: João Melo, Ricardo Donas e Gonçalo Duarte
Ilustrações: Ricardo Donas, José Smith e Emma Andreetti
Revisão textos e traduções: João Ayton
Apoio gráfico: Begoña Claveria
Apoio: Fundação Calouste Gulbenkian e Self-Mistake
Apoio à produção: Damas
Apoio à produção e pós-produção musical: Estúdio Fetra
Apoio científico: Joana Frazão
Apoio culinário: Adriano Jordão e Chico Jesus
Agradecimentos: José Smith Vargas, João Ayton, Catarina Rodrigues, Bernardo Bertrand, Adriano Jordão, Ricardo Donas, Filipe Casimiro, Chico Jesús, Begoña Claveria, Gonçalo Duarte, Emma Andreetti, Joana Frasão, Rafael Duarte, TODOS os participantes do concurso de canto de
aves, o Pai da Inês, Tânia Guerreiro, Rita Barreira, Andreia Pascoa, Marta Lança, Frederico Lobo, João Calixto, Pedro Rita, Daniela Silvestre, Manuel Bivar, o Pai da Inês, RDA, DAMAS, CPBC e Claúdio, Samuel Infante, Sebastião Pinto, Miguel Abras, Associação uzlinar, Provisório,
Siroco, Estúdio Fetra, Chão de Oliva, Oficinas do Convento, Fundação Gulbenkian.

Categorias
Teatro

Isto não tem futuro

ISTO NÃO TEM FUTURO

A proposta desta performance consiste numa redefinição do conceito de Épico, traçando uma breve História do Futuro numa lap dance “chunga” das distopias imaginadas após a revolução industrial. Kepler, astrónomo do séc. XVI que descobriu que as órbitas dos planetas não eram circulares, compôs o seu próprio epitáfio que diz: “Medi os céus, agora meço as sombras”.
É sobre as sombras do futuro que nos queremos inclinar.

Concepção: Andreia Farinha; Bernardo Álvares; João Melo

Interpretação: Andreia Farinha; Bernardo Álvares; José Smith Vargas; Bernardo Bertand

Categorias
Vídeo

Virulências

Andreia Farinha, João Melo, Raphael Soares

Edição: João Melo

Categorias
Teatro

Quando formos todos ditadores

Breve História das micro nações ou de como a sociedade se começou a reproduzir com a celeridade de um Gengis Khan com cio. Sobre a fractalidade das coisas que se organizam.

Concepção: Andreia Farinha; Bernardo Álvares; João Melo

Interpretação: Andreia Farinha; Alexandra Vidal; Bernardo Álvares; Clara Metais; Christian Lújan; José Smith Vargas; Manuel Bívar; Raphael Soares

Categorias
Vídeo

Restaurante Fome – publicidade

Videoclip promocional do restaurante FOME em Arroios para o menu de peixe

Concepção: Andreia Farinha

Categorias
Teatro

Quantas pulgas cabem num Chevrolet

Concepção: Andreia Farinha

Interpretação: Andreia Farinha; Antoine Mandoux; Catarina Moura; Catarina Santos; Christian Lújan; Karolina Kusmina; Luís Aniceto; Leonor Guerra; Mariana Pinho; Miguel Carmo Pedro Rainha; Zahara Horma